Gratis! Receber atualizações e novidades por e-mail

Clique em curtir-nos no facebook

sexta-feira, 25 de julho de 2014

O Fim de Doraemon ?



Uma das séries mais icônicas do animê pode estar perto do fim.

Em 1992/1993 Para quem não se lembra ele foi transmitido na tv manchete, no programa club da criança apresentado pela apresentadora Angelica, Anuciado como: "Doraemon o super gato!" 
Foram poucos capitulos, alguns bem curtos e atencendendo ao tokusatsu Black kamen Rider nas tardes por volta das 17:00(memoria fraca) não embalou na época!

Porém seu legado no japão e no mundo é estrondoso!

É Doraemon, famoso personagem criado pela dupla Fujiko Fujio em 1969. O simpático herói é um gato-robô vindo do futuro para ajudar o atrapalhado e frágil garoto Nobita na dura tarefa de crescer e amadurecer. De seu "Bolso da 4ª  Dimensão", quase todo tipo de traquitana pode aparecer e ele é o incansável amigo e protetor perfeito, conquistando também as crianças da turma de Nobita. 


No mangá, Doraemon foi publicado em diversas revistas infantis e se tornou um clássico, frequentemente ensinando conceitos científicos para as crianças, além de lições de amizade, respeito e fraternidade. Foi publicado entre 1969 e 1996, gerando 45 volumes encadernados pela editora Shogakukan

Em 1973, teve uma curta série em animê, sem grande repercussão. Porém, entre 1979 e 2005, uma outra produção alcançou enorme popularidade, chegando a 1.787 episódios. E desde abril de 2005, uma nova animação tem continuado a fazer de Doraemon parte da vida dos japoneses. 

Alguns episódios da série de TV foram exibidos no Brasil, na década de 1990, com direito até a uma música chamadaSuper Cat, cantada pela Angélica. Na época, ela comandava o programaClube da Criança na hoje extinta TV Manchete

Em 2008, Doraemon foi nomeado pelo governo japonês o Embaixador Cultural do Animê no mundo e o longa O Dinossauro de Nobita foi exibido em festivais de animê pelo Brasil. Doraemon é daqueles personagens infantis que atravessam gerações, levando pais, filhos e netos aos cinemas. STAND BY ME Doraemon é o 36º  especial de cinema do personagem, o primeiro dele em CG, com produção da Fujiko Movie Studio e distribuição da Toho Co

Confira o trailer, que já dá um nó na garganta: 




Na nova aventura, o público irá acompanhar uma história com ligações com o mangá, recontando o primeiro encontro de Doraemon e Nobita e o possível casamento, no futuro, de Nobita. Ele é apaixonado pela doce Shizuka, mas seu destino pode ser desastroso se nada for feito para mudar o rumo dos acontecimentos previstos. 

Pode ser a aventura final de Doraemon, sua despedida oficial em grande estilo. No mangá, houve dois finais publicados, mas ambos foram desconsiderados para fins de cronologia e o personagem continuaria aparecendo em revistas infantis. Não se sabe se algum dos finais servirá de base para o enredo do animê. 

A direção e roteiro são de Takashi Yamazaki, renomado diretor que tem em seu currículo Space Battleship Yamato, a versão live-action da Patrulha Estelar. A seu lado, o diretor de CG em 3D, Ryuichi Yagi, um dos principais nomes japoneses nesse segmento. 

A animação vai estrear no Japão em 8 de agosto de 2014 e promete levar uma nação às lágrimas. 
Aproxima-se o adeus de um
ícone da cultura pop japonesa


Fujko. F. Fujio: Desenhando
até o limite de sua vida
Sobre o autor:

O longa STAND BY ME presta homenagem a Fujiko F. Fujio, que faria 80 anos em 2014, se estivesse vivo. Nascido em 1 de dezembro de 1933, ele faleceu em 1996, com apenas 62 anos. Seu verdadeiro nome eraHiroshi Fujimoto. Ao lado de Motoo Abiko, usava o nome de Fujiko Fujiocomo uma entidade única. Amigos desde a infância, construíram uma carreira vitoriosa no mangá, tendo Doraemon como uma de suas maiores criações. 

Em 1987, resolveram seguir caminhos diferentes, já que Abiko queria escrever histórias mais adultas e Fujimoto sempre foi um incansável autor voltado ao público infantil. Nessa separação, Doraemon ficou sendo apenas de Fujimoto, que adotou o nome artístico de Fujiko F. Fujio. Já Motoo Abiko adotou o apelido Fujiko Fujio . Foi deles também a criação de Paaman, o pequeno super-herói conhecido no Brasil nos anos 1970 como Super-Dínamo

Fujimoto, que tinha saúde frágil, foi encontrado morto em sua casa em 23 de setembro de 1996. Estava debruçado sobre sua prancheta e ainda estava segurando uma caneta de desenho, segundo depoimentos de sua família. Ele, literalmente, desenhou até o fim de sua vida, que foi intensa e produtiva. 

Visite:
O museu de Fujiko F. Fujio (em inglês)

Site oficial do filme 
Fonte: Sushipop

Sem comentários:

Enviar um comentário

O Pantufa's Pop reserva-se o direito de remover comentários que contenham frases, palavrões, caracteres que sejam ofensivos e que estão em desacordo com o propósito do blog. O autor do comentário deve colocar seu nome e sobrenome para comentar.

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...