Gratis! Receber atualizações e novidades por e-mail

Clique em curtir-nos no facebook

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Como fazer compras internacionais online?



Toda vez que agente pensa em comprar no exterior por via de sites bate aquele frio na barriga, não é? Então deixo aqui umas dicas de como comprar no exterior atraves da internet!


Confira dicas valiosas para comprar seus desejados produtos importados.

Você já quis muito algum produto, andou pela cidade, pesquisou em lojas nacionais online, perguntou para amigos e não encontrou? Ou, quem sabe, até encontrou, mas por preços tão altos que desistiu?
Para quem já passou por isso, comprar online no mercado internacional poderia ser opção, mas, por falta de conhecimento e segurança, muitos nem cogitam essa possibilidade. Por isso, vamos ajudá-lo! Que tal um passo a passo?

Passo 1: Ferramentas de compras

Antes de qualquer coisa, para fazer compras em sites estrangeiros, é preciso que você possua um cartão de crédito internacional ou uma conta de serviços, como o PayPal, que envia pagamentos online instantaneamente, usando um cartão de crédito comum, de forma segura e sem compartilhar seus dados financeiros.
Passo 2: Como escolher o vendedor
Encontrar o produto desejado é importante, mas de quem comprar é ainda mais, afinal, ninguém quer pagar por um produto e não recebê-lo! Portanto, é preciso avaliar bem a loja virtual ou o vendedor e, também, se fazem entrega no Brasil.
A maioria dos sites oferecem ferramentas que indicam a reputação de seus vendedores com base na opinião de compradores, que podem – ou não! – recomendar os serviços prestados. Fique muito atento, também, à forma de envio dos produtos, que pode ser aéreo ou marítimo, e ao prazo de entrega, que pode variar de dias a meses.
Passo 3: Taxas envolvidas
Cada produto adquirido possui taxação. Veja quais são e o que significam:
ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços): toda e qualquer mercadoria que ultrapasse os limites estaduais, municipais ou nacionais, tem esta taxa cobrada. Ou seja: tudo!
- IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados): qualquer produto não artesanal ou manufaturado tem esta taxa adicionada. O cálculo para os importados é sobre o valor do produto, com os valores de importação envolvidos.
- II (Imposto sobre Importação de Produtos Estrangeiros): se o produto comprado vem de outro país, esta taxa é inevitável!
Passo 4: Alfândega
Chamada por muitos de vilã, a alfândega ou aduana é o departamento responsável pela fiscalização dos produtos que chegam e saem do Brasil. Neste órgão, é comparado o que foi declarado e o que realmente está entrando ou saindo do país.
Para cada produto que chega, há uma taxa de importação e, se esta ultrapassar 500 dólares e não for declarada (o que é ilegal), há um acréscimo de multa de 50% sobre o valor do produto.
Complicado? Vamos lá! Se a compra for de 1000 dólares, então, o valor excedido é de 500 dólares, sobre os quais haverá a multa de 50%. Ou seja, você pagará 250 dólares a mais pelo produto, totalizando 1250 dólares. Se o seu produto ficar retido, você será informado através dos Correios e deverá comparecer a uma unidade para realizar os devidos pagamentos e a retirada do produto.
Para as compras que, somadas, não ultrapassem os 500 dólares, não há tarifação, desde que a alfândega não desconfie de que haja contrabando!
Há vários produtos que não são taxados pela alfândega, independentemente dos valores, como livros, revistas e periódicos, que são considerados bens culturais. Medicamentos com receita, adquiridos por pessoa física, também não podem ser taxados, assim como produtos adquiridos em free-shops internacionais.
Medicamentos, armas, brinquedos que se pareçam com armas e suplementos alimentares dependem de autorização prévia do Ministério da Defesa, da Anvisa ou outro órgão responsável.
Para saber mais, acesse o site da Receita Federal.
Passo 5: Status
Depois de feita a compra, no site onde você adquiriu o produto, o fornecedor irá categorizar os seguintes status:
  • Waiting for supplier: aguardando resposta do fornecedor (até 3 dias);
  • Packaging: embalando sua encomenda (de 1 a 2 dias);
  • Shipped via Air Mail: enviado por correio aéreo. Significa que sua encomenda já foi despachada e, provavelmente, está dentro do avião rumo ao Brasil (este status aparece depois de cerca de 5 a 7 dias após a compra);
  • Shipped via Tracked Air Mail: este status aparece, normalmente, um dia após o status acima e significa que a sua encomenda foi enviada e que possui um código para rastreamento.
Passo 6: Rastreando
Para acompanhar o trajeto do seu produto, o site dos Correios possibilita que você rastreie, sabendo quando foi despachado, quando chegou à alfândega e o prazo para chegar à sua residência ou o prazo para a retirada em um ponto de distribuição dos Correios. Basta inserir o código informado pelo fornecedor.
Passo 7: Não recebeu ou chegou com defeito?
Em ambos os casos você deve procurar o serviço de atendimento ao cliente do site em que comprou o produto. Lembre-se: normalmente, o idioma usado é o inglês. No caso de receber um produto avariado, comunique o problema, mas saiba que, muitas vezes, os custos de envio ao fornecedor são por sua conta.
Passo 8: Cancelamento
Grandes varejistas internacionais, como a Amazon, oferecem a opção de cancelamento de compra em suas transações. Para tanto, basta procurar o serviço de atendimento ao cliente (geralmente, em inglês).
Caso o pedido não seja atendido, pode-se recorrer à justiça. As leis vigentes no Brasil asseguram o cancelamento da compra e a devolução do valor pago. Contudo, cabe à justiça do país onde está sediada a loja online autorizar ou não o pagamento da indenização.

Comprando na China

Outra opção que tem sido muito utilizada pelos brasileiros é a compra em sites chineses, que mandam seus produtos para todo o mundo, na maioria das vezes, com frete grátis, mas que pode levar até meses para chegar.
Encomendas vindas diretamente da China são rastreadas de outra forma, como através do Muambator, que é um dos sites mais antigos e confiáveis, com possibilidade de notificação por e-mail ou Twitter.
Nele, basta criar um login e, depois, cadastrar as encomendas. Com o código de rastreio, fornecido pelo vendedor, você poderá identificar a encomenda de forma fácil e, toda vez que o produto se movimentar, ficará sabendo. O site possui sistema que pode ser acessado por IPhone, sistema Android e Windows Phone.
Outros sites como Track-China Post e aplicativos como o Muamba Tracker ou o Pacotes, no IPhone, também possibilitam o rastreio de produtos vindos da China.

Sem comentários:

Enviar um comentário

O Pantufa's Pop reserva-se o direito de remover comentários que contenham frases, palavrões, caracteres que sejam ofensivos e que estão em desacordo com o propósito do blog. O autor do comentário deve colocar seu nome e sobrenome para comentar.

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...